quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 00:54 0 comentários

ECOABESTALHADOS AGONIZAM COM SUAS ÚLTIMAS AÇÕES CONTRA O CÓDIGO FLORESTAL

Marina Silva e suas ONGs financiadas pelo agronegócio gringo fazem suas últimas investidas contra a aprovação do Código Florestal. Tentaram na Câmara dos Deputados e foram derrotados fragorosamente. Cientes de que o Senado Federal também será soberano e não se curvará aos interesses estrangeiros, estão apelando agora para a presidenta Dilma.

Esquecem os ecoabestalhados que, em caso de veto da presidenta, a Câmara poderá derrubar este veto. Se houver algum conselheiro de bom senso, este irá cochichar no ouvido da presidenta que o melhor a fazer é sancionar a lei.

Nunca um projeto foi tão amplamente discutido com a sociedade como este. A sua aprovação pela Câmara dos Deputados, nos fez esquecer um pouco as safadezas da política e voltar a sentir certo orgulho do nosso país e, também, um ar de esperança de que nem tudo está perdido.

É preciso separar as inúmeras mentiras, o jogo baixo, os golpes traiçoeiros que esta turma de ecoabestalhados comandados por Marina Silva tentou contra o nosso Código Florestal. Ela e as ONGs gringas conseguiram recrutar maus brasileiros que se quer leram o Código e ficam repetindo através das redes sociais e e-mails chavões inventados por esta turma, tais como:

- Mande um e-mail para Dilma para impedir o desmatamento e salvar a Amazônia;
- 79% dos brasileiros querem que a Dilma vete as mudanças no Código Florestal.
- Ambientalistas dizem que a nova lei pode levar a perda de 175 milhões de acres de floresta, quase o tamanho dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro juntos, e garantiria anistia para fazendeiros que destruíram florestas ilegalmente no passado.
- É o sinal verde para a destruição total da Amazônia.
Os ruralistas jogaram pesado no Congresso, e a tensão já aumentou nas áreas da floresta, ao passo que madeireiros ilegais e fazendeiros ameaçam, agridem e até mesmo assassinam indígenas e ativistas ambientais.
- A aprovação do Código Florestal pode aumentar sem medidas estes confrontos e criar uma era sombria de exploração e descuido.
- Nossa nação goza de uma boa reputação climática, mas a aprovação do Código Florestal pode danificar seriamente a liderança global do Brasil -- particularmente chocante devido ao fato de que hospedaremos a Conferência da Terra Rio+20 no ano que vem.
- Se a Presidente Dilma assinar o Código Florestal, ela vai tornar impossível o cumprimento das nossas metas internacionais de redução do desmatamento em 80% em 2020, tornando-se a atriz principal na destruição dos pulmões do planeta.

Contra estas vigarices divulgadas por Marina Silva, suas ONGs gringas e os traidores da pátria, é preciso dizer que esta não é uma guerra que objetiva defender bandeiras ambientalistas. Esta é uma guerra deflagrada pelo agronegócio gringo que não quer ver o Brasil na liderança mundial da produção de alimentos. Trata-se de GRANA, muita GRANA e foi a grana que seduziu alguns ecoabestalhados brasileiros e que devem ser considerados verdadeiros traidores da nossa pátria.

Não esqueça que esses gringos já dominam duas das maiores reservas indígenas da nossa Amazônia: Raposa do Sol e Ianomamis, graças à generosidade do ex-presidente Lula e do ex-presidente Collor. Debaixo destas terras estão os maiores filões de metais preciosos do nosso país. E fizeram isso como? Enganando falsos brasileiros com as questões ambientais. Somente abestalhados caem neste conto do vigário.

O contraponto à estas mentiras está exposto na imagem abaixo, o que faz do nosso país o único do planeta Terra verdadeiramente verde. O resto é conversa de gringo picareta.





terça-feira, 29 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 12:47 1 comentários

ESTUDANTES PARODIAM GLOBAIS ABESTALHADOS EM VÍDEO PRÓ-BELO MONTE

Segundo informa a Folha de São Paulo alunos de engenharia civil e economia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), defensores da construção da usina de Belo Monte no rio Xingu (PA), produziram vídeo em resposta ao projeto "Gota D'Água", que reúne atores da TV Globo numa campanha contra a instalação da hidrelétrica.

No vídeo, os estudantes usam roteiro semelhante ao utilizado na gravação dos artistas.

O grupo criou ainda o movimento "Tempestade em Copo D'Água", uma sátira a campanha original.

Sobre o alagamento de área verde para a instalação da usina, os alunos argumentam que a "floresta já vem sendo desmatada ilegalmente na Amazônia a troco de nenhum ganho econômico e social". Eles defendem ainda o "emprego de recursos gerados pela usina em benefícios para a região".

Para Sebastião de Amorim, professor da Unicamp que participa do vídeo, "Belo Monte será um belíssimo projeto sobre os aspectos econômico, social e ambiental".

Veja o vídeo da sátira:



Postado por Lucio Neto On 12:16 0 comentários

NAS BARBAS DO GOVERNO BISPO IMPORTA ÍNDIOS PARA A RAPOSA DO SOL

Durante o processo de votação da demarcação da reserva Raposa do Sol, este blog denunciou as verdadeiras razões que estavam por trás da encenação que acabou expulsando brasileiros produtores de arroz e até os índios que viviam no local.

Segundo fontes militares a região é rica em vários tipos de minerais, inclusive de nióbio. A demarcação, feita pela Funai, obedeceu criteriosamente os caminhos dos abundantes veios dos minerais

A reserva dos Ianomamis, como é conhecida, e que foi demarcada no governo Color e é ocupada por falsos ianomamis, tem as mesmas características da Raposa do Sol.

O povo brasileiro deve agradecer ao ex-presidente Collor, ao ex-presidente Lula e ao STF, por esta riqueza incalculável que foi entregue de mão beijada aos gringos.

Leia aqui o que escrevemos sobre a reserva Raposa do Sol

E aqui sobre a reserva dos falsos Ianomamis

Leia agora o que informa o jornalista Cláudio Humberto:
Em ação incentivada por um bispo Aldo Mogiano, índios de diversos países sul-americanos estão sendo levados para a reserva Raposa Serra do Sol, no Estado de Roraima, para fazer número e dar ideia de “ocupação”. A região, grande produtora de arroz, foi transformada em nova fronteira de fome, desemprego e alcoolismo, depois que os agricultores foram expulsos por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Esperteza antiga
Índios estrangeiros sempre foram levados a ocupar áreas reivindicadas para demarcação, mas eles eram arregimentados apenas na Guiana.

Bye, bye, Brasil
O tal bispo Mogiano criou no passado uma “Aldeia da Demarcação”. Os índios importados se articulam em novas “nações independentes”.

Vida boa
Protegidos pela Funai, índios estrangeiros usufruem de assistência de dentistas, médicos, remédios e até avião para emergências médicas.

Fonte: Cláudio Humberto

Postado por Lucio Neto On 01:21 0 comentários

BRASIL AINDA É UM PAÍS PEQUENO, DIZ SERRA

Em palestra na Federação das Indústrias de São Paulo para jovens empreendedores, o ex-governador José Serra, confirmou tudo que este blog tem afirmado ao longo de sua existência.
O Brasil tem tudo para ser um grande país, mas continua pequeno. Ele é grande apenas nos filminhos que rodam nas televisões com a marca do regime petista.
A realidade é bem distante dessa que é dita pela presidenta em seus discursos. Em temas fundamentais, o país avançou pouco e propagou muito.
Até quando vamos esconder esta corrupção escandalosa debaixo dos finos tapetes persas do planalto central? Até quando ostentaremos índices vergonhosos que nos colocam na rabeira, atrás de países que não têm um terço das nossas riquezas?
O que Serra disse é o que este blog vem dizendo até hoje. Leia a reportagem da Folha de SP:


O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) fez críticas nesta segunda-feira (28) à posição do Brasil no cenário internacional.

Citando indicadores econômicos e sociais, ele disse que o Brasil ainda é pequeno. "O Brasil ainda é, no contexto da economia mundial, por incrível que pareça, um país pequeno", disse o tucano em palestra no 7º Congresso Paulista de Jovens Empreendedores, na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Serra citou como exemplos que o Brasil representa 3% do PIB (Produto Interno Bruto) mundial, 2% do comércio mundial e ficou na 75º posição em renda per capita, entre outras coisas.

"Temos um desafio extraordinário pela frente, que é vencer esse quadro de subdesenvolvimento, de não desenvolvimento, de modéstia em relação a avanços sociais e peso na economia mundial."

Ele listou entre as dificuldades histórias do país os períodos de alta inflação, de economia fechada para o exterior e de loteamento de cargos públicos.

Serra afirmou ainda que a atual crise internacional pode ser uma oportunidade para o país. Segundo ele, a crise anterior, entre 2008 e 2009, foi desaproveitada pelo governo federal.

"O Brasil foi o único país do mundo que não baixou os juros, foi uma coisa fenomenal, não há erro mais espetacular de política econômica, é um dos maiores erros do mundo, isso vai virar caso em curso de economia e administração pelo mundo."

Em outra crítica, o tucano afirmou que o setor público virou uma área de lambança. "No Brasil tem muita gente, inclusive na elite, que pensa assim: 'esse país não tem conserto', um sofrem, outros curtem. O governo e o setor público passaram a ser áreas de lambança, de curtição, de quem não tem fé no Brasil."

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 13:30 0 comentários

VOTAÇÕES POLÊMICAS PRENUNCIAM SEMANA EXPLOSIVA

Uma pauta explosiva espera pelos parlamentares esta semana. Polêmica é o que não falta em torno das propostas que o governo pretende votar nos próximos dias. As batalhas vão da mudança no sistema de aposentadoria dos servidores públicos, passando pela emenda constitucional que garante ao Executivo mais liberdade para gastar R$ 63 bilhões do orçamento, até o incendiário novo Código Florestal.

Como se não bastasse tudo isso, o Palácio do Planalto terá de se esforçar para evitar que seus aliados se unam aos oposicionistas para votar a regulamentação da chamada Emenda 29, que prevê mais recursos para a saúde pública. O governo resiste à mudança, alegando que não pode comprometer receita por causa do agravamento da crise internacional. Terá, ainda, de se mexer para aprovar na Câmara uma medida provisória contestada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no Supremo Tribunal Federal (STF).

A MP 542/11, que redefine a área de parques nacionais para permitir a regularização de terras e a exploração mineral e hidrelétrica, é o alvo do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, desde a segunda-feira passada, quando ele ingressou no Supremo. O caso está nas mãos agora do ministro Carlos Ayres Britto. Para Gurgel, as alterações só poderiam ser tratadas por projeto de lei, não têm urgência constitucional e são uma ameaça à Amazônia.

Esse é o primeiro item da pauta da Câmara, que está obstruída por outras cinco medidas provisórias e pelo projeto de lei que cria o regime de previdência complementar para os servidores da União, que tramita em regime de urgência constitucional (PL 1.992/07). Ou seja, sem votar essas proposições, não há como examinar outras propostas nas sessões deliberativas ordinárias.

Aposentadoria

Tema sensível aos petistas e aos sindicalistas, uma mudança drástica nas regras de aposentadoria dos servidores públicos também promete render discussões acaloradas. O Projeto de Lei 1.992/07 aplica aos servidores admitidos depois do novo regime o mesmo teto de aposentadoria dos beneficiários do Regime Geral de Previdência Social (atualmente em R$ 3.689,66). Para receber uma aposentadoria maior, os servidores poderão participar da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp), escolhendo com quanto querem contribuir segundo os planos de benefícios oferecidos.

Como mostrou o Congresso em Foco, o governo recuou em um dos principais pontos do projeto. Em vez de um fundo de pensão único para os três poderes da República – Executivo, Judiciário e Legislativo –, haverá um para cada poder. Desde que a proposta começou a tramitar, o Ministério da Previdência afirmava que não seria possível fazer o desmembramento.

Código Florestal e DRU

No Senado, o polêmico novo Código Florestal, aprovado semana passada na Comissão de Meio Ambiente após fortes embates entre ambientalistas e ruralistas, chega à sua etapa derradeira na Casa. A proposta deve ser o primeiro item da pauta dos senadores no plenário. Na quinta-feira passada, a Comissão de Meio Ambiente foi palco de troca de acusações entre ambientalistas e ruralistas. O relator, Jorge Viana (PT-AC), fez algumas concessões para viabilizar a votação, o que desagradou a alguns de seus colegas governistas, deixando o clima ainda mais tenso.

Governo e oposição pretendem travar uma nova disputa regimental em torno da proposta de emenda à Constituição (PEC 61/2011) que prorroga a vigência da Desvinculação das Receitas da União (DRU). Uma das prioridades do Planalto para este ano, a PEC permite ao governo usar livremente 20% dos recursos antes destinados a áreas específicas, em um montante estimado em cerca de R$ 63 bilhões em 2012.

Os governistas querem inverter a pauta para votar a prorrogação da DRU ainda esta semana. Mas a oposição insiste em votar antes a regulamentação da Emenda 29. Por enquanto, não há acordo. Os líderes da base aliada tentaram aprovar essa inversão na quinta-feira passada, mas fracassaram. Porém, uma nova investida nesse sentido já foi anunciada.


POR EDSON SARDINHA / Congresso em Foco

sábado, 26 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 01:32 1 comentários

QUEM MATOU O REPÓRTER DA BAND GELSON DOMINGOS FOI A PORTARIA 18 DO MD

Arthur Lucas no seu blog PENSAR não dói defende uma tese de que não foi um tiro de fuzil que matou o repórter da Band. Ele afirma que quem matou Gelson Domingos foi a Portaria n° 18, de 19/12/2006, do Ministério da Defesa. Leia:

Peguem as gravações da notícia da morte dele, ouçam de novo. Observem que, sempre que a notícia diz que ele estava usando um colete à prova de balas, a notícia diz que ele “estava usando um colete à prova de balas de uso permitido“.
Agora vamos ler as entrelinhas do que está sendo dito para o povo.
Sabem o que significa isso que a mídia desarmamentista está noticiando? Que existem coletes à prova de bala de uso restrito.
Não por coincidência, os coletes à prova de balas de uso permitido agüentam um tiro de pistola mas não resistem a um tiro de fuzil.
Já os coletes à prova de balas de uso restrito agüentam com facilidade um tiro de pistola e também resistem a um tiro de fuzil.
E por que existem coletes à prova de balas de uso permitido e coletes à prova de balas de uso restrito?
Simples: porque o Estado brasileiro não quer que os cidadãos brasileiros possam se defender dos tiros que pela legislação só as Forças Armadas brasileiras podem desferir.
Interessante, não é?
O Estado brasileiro não se contenta em desarmar os cidadãos honestos, ele também exige que os cidadãos honestos permaneçam indefesos ao poder de fogo que ele resguarda legalmente apenas para si. Noutras palavras, o Estado brasileiro reserva para si o direito ser o único ente capaz de matar seus cidadãos honestos com facilidade. O único furo neste raciocínio é que os bandidos não acham uma boa idéia que só o Estado possa matar os cidadãos honestos, eles querem poder fazer o mesmo e por isso usam cada vez mais armas de uso “restrito”.
Art. 2o Coletes à prova de balas são produtos controlados pelo Exército, relacionados sob os números de ordem 1090 e 1100 e incluídos na Categoria de Controle no “3” e “5”, respectivamente.
Art. 3o Os coletes à prova de balas são testados e classificados quanto ao nível de proteção segundo a Norma “NIJ” Standard 0101.04, do Instituto Nacional de Justiça dos Estados Unidos da América.
Art. 4o Os coletes à prova de balas são classificados quanto ao grau de restrição, conforme art. 18 do Regulamento para a Fiscalização de Produtos Controlados (R-105), em:
I – uso permitido: os coletes à prova de balas que possuem níveis de proteção I, II-A, II e III-A; e
II – uso restrito: os coletes à prova de balas que possuem níveis de proteção III e IV.
Eis a classificação segundo a norma NIJ Standart 0101.04 acima citada:
Type I (22 LR; 380 ACP)
Type IIA (9 mm; 40 S&W)
Type II (9 mm; 357 Magnum)
Type IIIA (High Velocity 9 mm; 44 Magnum)
Type III (Rifles)
Type IV (Armor Piercing Rifle)
Ou seja, para mim, para você e para o cidadão honesto em geral, o Estado brasileiro diz com todas as letras o seguinte: “vocês cidadãos honestos só podem se defender de tiros de pistolas; vocês  cidadãos honestos não tem o direito de se defender dos tiros que só as Forças Armadas brasileiras podem disparar“.
O repórter da Band Gelson Domingos não era agente do Estado brasileiro, portanto não tinha o direito de defender sua vida de um tiro de fuzil. E, por não ter o direito de defender sua vida usando um colete à prova de balas com a proteção adequada para resistir a um tiro de fuzil, foi morto por cumprir a lei.
Esse é o país em que vivemos.
Esse é o país que os desarmamentistas querem.

Por Arthur Golgo Lucas

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 00:04 0 comentários

A ESQUERDA DESTE PAIS É IGUAL A VAMPIRO BRASILEIRO. NEM FEDE E NEM CHEIRA.

A jornalista Mirian Macedo revela que foi terrorista na juventude, foi presa e mentiu durante 40 anos que havia sido torturada. Ela  afirma que o ator Mário Lago ordenava que todos mentissem ao sair da cadeia e declarassem que foram barbaramente torturados. 
Em outras palavras a esquerda deste país é igual a vampiro brasileiro. Lembram daquele personagem de um famoso humorista? 
- Vampiro brasileiro, ó...
Leiam o relato da jornalista Miriam Macedo transcrito do seu blog. E fica no ar a pergunta:
- Será que só ela mentiu? Quantos destes anistiados que receberam indenizações milionárias e recebem pensões, também não mentiram? Quantos deles terão a dignidade dela de confessar?
- Vampiro brasileiro, ó...Esquerda brasileira, ó

     Eu, de minha parte, vou dar uma contribuição à Comissão da Verdade, e contar tudo: eu era uma subversivazinha medíocre e, tão logo fui aliciada, já 'caí' (jargão entre militantes para quem foi preso), com as mãos cheias de material comprometedor.       
       Despreparada e 'festiva', eu não tivera nem o cuidado de esconder os exemplares  d'A Classe Operária, o jornal da organização clandestina a que eu pertencia (a AP-ML, ala vermelha maoísta do PC do B, a mesma que fazia a Guerrilha do Araguaia, no Pará). 
      Os jornais estavam enfiados no meio dos meus livros numa estante, daquelas improvisadas, de tijolos e tábuas, que existiam em todas as repúblicas de estudantes, em Brasília naquele ano de 1973. 
       Já relatei o que eu fazia como militante*. Quase nada. A minha verdadeira ação revolucionária foi outra, esta sim, competente, profícua, sistemática: MENTI DESCARADAMENTE DURANTE QUASE 40 ANOS!* (O primeiro texto fala em 30 anos. Eu fui fazer as contas, são quase 40 anos, desde que comecei a mentir sobre os 'maus tratos'. Façam as contas, fui presa em 20 de junho de 73. Em 2013, terão se passado 40 anos.)
       Repeti e escrevi a mentira de que eu tinha tomado choques elétricos (por pudor, limitei-me a dizer que foram poucos, é verdade), que me deram socos e empurrões, interrogaram-me com luzes fortes, que me ameaçaram de estupro quando voltava à noite dos interrogatórios no DOI-CODI para o PIC e que eu passava noites ouvindo "gritos assombrosos" de outros presos sendo torturados (aconteceu uma única vez, por um curto período de tempo: ouvi gritos e alguém me disse que era minha irmã sendo torturada. Os gritos cessaram - achei, depois, que fosse gravação - e minha irmã, que também tinha sido presa, não teve um único fio de cabelo tocado). 
      Eu também menti dizendo que meus algozes, diversas vezes, se divertiam jogando-me escada abaixo, e, quando eu achava que ia rolar pelos degraus, alguém me amparava (inventei um 'trauma de escadas", imagina). A verdade: certa vez, ao descer as escadas até a garagem no subsolo do Ministério do Exército, na Esplanada dos Ministérios, onde éramos interrogados, alguém me desequilibrou e outro me segurou, antes que eu caísse. 
      Quanto aos 'socos e empurrões' de que eu dizia ter sido alvo durante os dias de prisão, não houve violência que chegasse a machucar; nada mais que um gesto irritado de qualquer dos inquisidores; afinal, eu os levava à loucura, com meu enrolation. Eu sou rápida no raciocínio, sei manipular as palavras, domino a arte de florear o discurso. Um deles repetia sempre: "Você é muito inteligente. Já contou o pré-primário. Agora, senta e escreve o resto". 
      Quem, durante todos estes anos, tenha me ouvido relatar aqueles 10 dias em que estive presa, tinha o dever de carimbar a minha testa com a marca de "vítima da repressão". A impressão, pelo relato, é de que aquilo deve ter sido um calvário tão doloroso que valeria uma nota preta hoje, os beneficiados com as indenizações da Comissão da Anistia sabem do que eu estou falando. Havia, sim, ameaças, gritos, interrogatórios intermináveis e, principalmente, muito medo (meu, claro).
       Torturada?! Eu?! Ma va! As palmadas que dei em meus filhos podem ser consideradas 'tortura inumana' se comparadas ao que (não) sofri nas mãos dos agentes do DOI-CODI. 
Que teve gente que padeceu, é claro que teve.  Mas alguém acha que todos nós que saíamos da cadeia contando que tínhamos sido 'barbaramente torturados' falávamos a verdade? 
      Não, não é verdade. A maioria destas 'barbaridades e torturas' era pura mentira! Por Deus, nós sabemos disto! Ninguém apresentava a marca de um beliscão no corpo. Éramos 'barbaramente torturados' e ninguém tinha uma única mancha roxa para mostrar! Sei, técnica de torturadores. Não, técnica de 'torturado', ou seja, mentira. Mário Lago, comunista até a morte, ensinava: "quando sair da cadeia, diga que foi torturado. Sempre." 
     Na verdade, a pior coisa que podia nos acontecer naqueles "anos de chumbo" era não ser preso(sic). Como assim todo mundo ia preso e nós não? Ser preso dava currículo, demonstrava que éramos da pesada, revolucionários perigosos, ameaça ao regime, comunistas de verdade! Sair dizendo que tínhamos apanhado, então! Mártires, heróis, cabras bons.
       Vaidade e mau-caratismo puros, só isto. Nós saíamos com a aura de hérois e a ditadura com a marca da violência e arbítrio. Era mentira? Era, mas, para um revolucionário comunista, a verdade é um conceito burguês, Lênin já tinha nos ensinado o que fazer. 
       E o que era melhor: dizer que tínhamos sido torturados escondia as patifarias e 'amarelões' que nos acometiam quando ficávamos cara a cara com os "ômi". Com esta raia miúda que nós éramos, não precisava bater. Era só ameaçar, a gente abria o bico rapidinho. 
      Quando um dia, durante um interrogatório, perguntaram-me  se eu queria conhecer a 'marieta', pensei que fosse uma torturadora braba. Mas era choque elétrico (parece que 'marieta' era uma corruptela de 'maritaca', nome que se dava à maquininha usada para dar choque elétrico). Eu não a quis conhecer. Abri o bico, de novo. 
      Relembrar estes fatos está sendo frutífero. Criei coragem e comecei a ler um livro que tenho desde 2009 (é mais um que eu ainda não tinha lido): "A Verdade Sufocada - A história que a esquerda não quer que o Brasil conheça", escrito pelo coronel Carlos Alberto Brilhante Ulstra. Editora Ser, publicado em 2007. Serão quase 600 páginas de 'verdade sufocada"? Vou conferir.



* http://blogdemirianmacedo.blogspot.com/2011/03/sobre-honestino-guimaraes-odemocrata.html

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 13:48 0 comentários

A CEPR PEDIU A DEMISSÃO DE LUPI EM 2007. LULA COZINHOU E NÃO DEMITIU. DEU NO QUE DEU

Moreira  pediu a demissão de Lupi em 2007
Marcílio Moreira Marques, ex-presidente da Comissão de Ética da Presidência da República disse a VEJA logo após se demitir da Comissão que falta sensibilidade ao governo e que, hoje, quem respeita a lei é considerado imbecil
E disse ainda:
- Preocupa-me ouvir declarações de autoridades no sentido de que transgressões são rotineiras na vida pública brasileira. Isso é inaceitável.
Moreira Marques, que recomendou demitir o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, vê nos escândalos de hoje a confirmação dos alertas feitos em 2007.
Segundo ele, os atuais escândalos do governo Dilma, são resultado de problemas éticos não resolvidos no passado, apesar dos alertas feitos.
- Estava evidenciado e agora se prova que de fato que conflito de interesses é uma das mais arriscadas [situações]. Ele sempre acaba levando a problemas mais sérios, disse ele.

Em 2007, a comissão recomendou a demissão de Lupi por incompatibilidade entre sua atuação no governo federal simultânea com a o exercício da presidência nacional do PDT. O então presidente Lula “cozinhou” o pedido até o início de 2008 e deu declarações em apoio ao ministro do Trabalho. A Comissão de Ética arquivou o caso em 25 de março de 2008 depois que Lupi se tornou presidente “licenciado” do partido. Insatisfeito, Moreira pediu demissão da Comissão de Ética no mesmo dia.

Moreira Marques afirma que a situação atual confirma tudo o que foi apontado no passado.
- Mostra que é absolutamente incompatível a presidência de fato de um partido e a condição de ministro. Isso cria constrangimentos para ambos os lados e um conflito de interesses muito evidente, afirmou Moreira.

De acordo com o ex-presidente da Comissão de Ética o conflito de interesses é o início de problemas futuros, por exemplo, benefício de um partido político com recursos públicos administrados por um ministério. 
- Estava evidenciado e agora se prova que de fato que conflito de interesses é uma das mais arriscadas [situações] para a autoridade, mais arriscadas para o desvio de conduta. Ele sempre acaba levando a problemas mais sérios, afirmou Moreira.

Para ele, é preciso cortar o mal antes que ele frutifique. 
- A solução é evitar esses conflitos de interesses na raiz”, disse ele, que considera haver às vezes confusão de papéis entre Congresso e Poder Executivo. O ex-presidente da Comissão de Ética lembra que, nos Estados Unidos, um parlamentar só pode ser ministro se renunciar ao mandato de deputado ou senador antes.

O ex-presidente da comissão relembra as opiniões de Lula a favor do ministro do Trabalho na época, o que influenciou na sua decisão de deixar o colegiado. 
- E também algumas declarações de autoridades, de que o ministro Lupi era o mais republicano dos ministros. Achei que também era descabido. Achava que tinha esgotado a minha capacidade de contribuir para a melhoria do nível ético do pais, disse Moreira Marques.

Assim como outras pastas do governo Dilma Rousseff, o Ministério do Trabalho firmou convênios com ONGs suspeitas de irregularidades. Algumas instituições sem fins lucrativos têm ligações com o próprio PDT. Segundo a revista Veja, funcionários do ministério cobraram propinas para fazer os repasses de dinheiro. Lupi negou envolvimento com irregularidades e determinou a apuração da denúncia.

Agora analise o pacato cidadão: dizem os defensores do regime petista, dentre eles aquele que é apontado pela justiça como chefe da quadrilha do Mensalão do PT, Zé Dirceu, que nunca se combateu tanto a corrupção neste país. É certo! No entanto, os mesmos se esquecem de dizer que nunca, desde a descoberrta de Cabral, se roubou tanto neste Brasil. E outra. Hoje, a divulgação é maior pelo avanço dos meios de comunicação livre, como a internet.
O fato mesmo que é omitido é que o ex-presidente Lula autorizou de forma gigantesca o número de ONGs no país. Só na Amazônia são mais de 100 mil. Também inquestionável é que foi ele - Lula - quem fez o loteamento do Estado brasileiro, distribuindo pedaços do bolo de forma irresponsável para se manter no poder. Comam que o que o bolo é seus!


Fonte: Congresso em Foco

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 01:15 8 comentários

GLOBAIS ABESTALHADOS GRAVAM VÍDEO BOBAGEM CONTRA A USINA DE BELO MONTE

Ecoabestalhados é a melhor definição para uma turma totalmente mal informada que está servindo de instrumento aos objetivos das ONGs gringas financiadas pelo agronegócio gringo.
Depois daquela palhaçada de algumas "celebridades" que falaram um monte de asneiras contra o Código Florestal, surge agora este vídeo bobagem gravado por globais ecoabestalhados.
Se tivessem um pouquinho só de consciência cívica deveriam ter vergonha de se olhar no espelho porque em suas testas estaria escrito: TRAIDORES DA PÁTRIA.
Todos aqueles que são contra o Código Florestal e a Usina de Belo Monte devem ser enquadrados nesta categoria. É preciso ser muito abestalhado para não entender o que está em jogo com estas duas questões.

A questão, seus abestalhados, não é ambiental, é econômica. Trata-se de negócios. De lucros. De grana.
O que esses gringos não querem é que o Brasil se torne realmente uma grande potência. Fato, aliás, que será inevitável, pois nenhum outro país no mundo reúne as condições do Brasil para conquistar a liderança mundial se projetando como a maior potência do planeta. Essa é a questão. Vê se param de ser abestalhados e se informem melhor sobre estas duas questões e parem de dizer asneiras. Este vídeo é ridículo, é antipatriótico, totalmente mal informado.

No vídeo, uma pergunta se você já pesquisou sobre Belo Monte. E afirma que ela já. Lorota. Conversa fiada. Está apenas interpretando um script que lhe deram. Pois, se fosse realmente pesquisar sobre o tema, não teria falado as besteiras que falou.

Não sabem, por exemplo, que a área alagada pela Usina Belo Monte corresponde a tão somente 0,01% da Amazônia brasileira. Não sabem que da maneira como está planejada Belo Monte, usina de fio d’água, não há no Brasil melhor opção do ponto de vista de sustentabilidade, que combine condições ecológicas e também financeiras.

Falam bobagem quando dizem que existem outras fontes de energia e citam a eólica e a solar. Ambas são mais caras e não são confiáveis.

Nossa matriz elétrica é exemplar. Graças à hidroeletricidade, 90% da energia produzida no país é renovável. A média mundial é de apenas 18%. No consumo de eletricidade, cada brasileiro responde por uma emissão de gases de efeito estufa equivalente à 45ª parte do que a de cada norte-americano ou a de cada chinês.
Sabiam disso, seus abestalhados?
Para a economia do país crescer a taxa de 4% a 5% ao ano, é preciso uma expansão de seis mil megawatts anualmente na geração de energia. O montante equivale à meia Usina Hidrelétrica Belo Monte, por ano, uma vez que o empreendimento terá capacidade instalada de 11.233,1 MW, sendo que a geração assegurada é de 4.571 MW médios.

Este é um projeto estudado há quase 30 anos, que levou em conta todas as implicações mais importantes para o bioma amazônico, talvez até com certo exagero. E quando se tenta impedir a sua construção está se tentando levar o país ao tempo da pedra lascada. É o que querem os gringos, seus abestalhados.

A Usina de Belo Monte é também a mais econômica, eficiente e de alta confiabilidade para aumentar a oferta de energia elétrica e ajudar no esforço de desenvolvimento, pois energia representa indústrias, empregos, saúde, escolas, cultura e, sobretudo, maior conforto e bem-estar para todos os brasileiros.

O Brasil tem a legislação ambiental das mais criteriosas do mundo e busca explorar a fonte energética que oferece os menores custos do planeta. Serão mais de 20 milhões de brasileiros beneficiados diretamente.

Apenas dois ou três mil habitantes serão removidos e que, na mudança, vão ganhar com a infraestrutura e conforto pessoal. Os índios da região amazônica são, em origem, seminômades, deslocando-se periodicamente sempre que recursos naturais se escasseiem devido ao extrativismo a que eles mesmos recorrem.

Não há prejuízos para ninguém. Não afeta diretamente terras indígenas e reduz a área alagada em 60%, para 516 km2. O índice de 0,04 km2/MW é equivalente a um décimo do que o das hidrelétricas em operação no país. Só um bando de abestalhados não vê isso.

Teve uma global que tirou o seu "califon" em protesto. Ora, ora, minha senhora. Quer fazer um protesto de verdade? Para o bem do Brasil? Quer energia limpa?
Então convide suas colegas para tirarem seus sutiãs em frente ao Palácio do Planalto, em protesto, e exigir que a presidenta Dilma inclua o Brasil no Grupo formado por Estados Unidos, Inglaterra, Japão, França, Alemanha e China que está construído o primeiro reator para produção de energia termonuclear do mundo.
Certamente, nem você e nem seus parceiros desse vídeo, sabem que a matéria prima para a construção desse reator é o NIÓBIO e muito menos que o Brasil tem 98% do NIÓBIO do planeta. Estão construindo um reator com a energia do futuro usando a matéria prima que só o Brasil tem e deixam o nosso país de fora.
Aproveitem e exijam também que o Brasil passe a controlar o preço do NIÓBIO, pois hoje quem controla é a Inglaterra.

Viram seus abestalhados, como vocês não sabem de nada e ficam falando bobagens nesses vídeos financiados pelos gringos?

Tenham honradez e trabalhem a favor do seu país e não contra. Abestalhados!

VEJA COMO IRÁ FUNCIONAR A USINA





NE. Quem desejar ver os abestalhados clique aqui.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 00:05 21 comentários

LOTERIAS DA CAIXA, NÃO BASTA SER HONESTA É PRECISA PARECER HONESTA

Tenho duas notícias para dar ao leitor. Uma boa e uma ruim. Quem primeiro? Vamos a boa, certo? 
A boa é que a Divisão de Loterias da Caixa Econômica Federal está realizando sorteios de algumas loterias com certa regularidade na televisão. Os sorteios são ao vivo pela Tv Bandeirantes. Já assisti vários da Quina (o mais regular), da Lotofácil e da Megasena.
A ruim é que continua faltando transparência nestes sorteios. Só realizar os sorteios da forma como estão sendo realizados não basta. Será que a Divisão de Loterias da Caixa Econômica Federal não entende que existe uma total falta de credibilidade desses sorteios? Será que ela acha que aquelas "notinhas" jurídicas postadas no site da CEF responde às dúvidas e questionamentos sobre a seriedade desses sorteios?
Quer ter uma idéia sobre a desconfiança que a sociedade alimenta? Basta digitar no Dr. Google "sorteios da mega sena". Abrem-se dezenas de páginas com vídeos com os mais diferentes tipos de denúncias. Existem até blogs que concentram denúncias e mensagens de apostadores. Um deles é: http://jogodamega.blogspot.com/
Das duas uma ou a Divisão de Loterias não está nem aí para o apostador, pois não depende de pequenas apostas ou a transmissão de sorteios ao vivo pela televisão é um primeiro passo para uma maior transparência a esses sorteios.
Se for este último o caso, aqui vai uma sugestão que vai matar a pau o problema. Conversando com as pessoas e lendo comentários postados em blogs e sites, a principal dúvida levantada é quanto ao peso das bolinhas. Todos afirmam que está aí a fraude e a manipulação de resultados.
Se a Divisão de Loterias da Caixa quiser ser além de honesta também parecer honesta, basta pesar as bolinhas nos sorteios que estão sendo realizados ao vivo pela televisão e também no Caminhão da Sorte.
Mas, alguém poderia dizer que isto seria impraticável, principalmente ao vivo pela televisão. Respondo que não! No caso da televisão ao invés da bela apresentadora ficar falando abobrinhas que todo mundo sabe, poderia ganhar este tempo pesando as bolinhas e não apenas dizer que elas são pesadas vez ou outra pelo Inmetro. Coisa, aliás, que ninguém vê. 
Como fazer? Simples: são sessenta bolas, caso da Megasena, vamos dar como exemplo que cada uma tenha o seu peso normal com 10 gramas. Multiplique-se 10 por 60 e teremos 600 gramas. Colocam-se todas as bolinhas numa balança autenticada pelo Inmetro e se der mais de 600 gramas, tem bode, certo? Isto se faz em 30 segundos com quatro câmeras. Uma na apresentadora, outra mostra as bolinhas sendo colocadas na balança, mais uma dá um big-close no visor da balança e a quarta vai mostrar estas bolinhas sendo colocas no globo.
Ao fazer isto as pessoas vão voltar a acreditar nas loterias brasileiras e também a sonhar, como faziam antes de 2007 quando, mesmo o nome dos ganhadores  não sendo divulgados, a gente acabava sabendo de um outro sortudo. A partir daí são todos ocultos dando margem a este descrédito geral.
Não existem mais filas para jogo nos prêmios acumulados. As filas das lotéricas são para pagar contas.
Se a Divisão de Loterias da Caixa Econômica Federal quiser ser e parecer honesta, aí está a sugestão. Caso contrário, basta emitir mais uma "notinha" tentando explicar o que não se explica.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 14:46 1 comentários

SÓ BURRO OU DEMENTE VOTA NO PARTIDO QUE ESTÁ AFUNDANDO O BRASIL


Em 2006, em meio ao maior escândalo desde a descoberta do Brasil por Cabral - o mensalão do PT - o eleitor resolveu reeleger Lula por mais quatro anos. Numa campanha em que imperou o desreipeto à legislação eleitoral, o regime petista lascou a lenha com mentiras e mais mentiras. O povo acreditou. Em 2010 nada foi diferente. Com praticamente cem por cento dos veículos de comunicação do país nas mãos, o regime mais uma vez convenceu a votar em sua candidata. 
O resultado é este que se vê: corrupção e ineficiência. É a tal história me engana que eu gosto. Bate que eu gamo.
Enquanto isso, o país acumula troféus de incompetência: IDH = 84º lugar; 95º lugar no Analfabetismo; 106º no ranking de Mortalidade Infantil; 71º lugar no ranking Renda Per Capita; 52º lugar entre 110 países da America Latina melhor para se viver e PRIMEIRO LUGAR NO MUNDO EM CORRUPÇÃO com mais de R$ 80 bilhões desviados por verdadeiras quadrilhas que assaltam à luz do dia o bolso do brasileiro.

MAIS VERGONHOSO QUE ISSO SÓ ROUBAR DINHEIRO DA SOGRA
Por e-mail recebo do ex-blog do Cesar Maia estas informações. Leia:

NOTAS ECONÔMICAS BRASILEIRAS!
     
1. (Globo, 12) Documento apresentado em Paris pelo ministro da SAE, W. M. Franco, o Brasil tem a maior taxa de rotatividade do mundo: 41% da força de trabalho mudam de emprego a cada ano. Na faixa de um a dois salários mínimos esse percentual passa de 50%.

2. (Merval – Globo, 12) Os países desenvolvidos aplicam cerca de 7% do PIB em pesquisa e desenvolvimento. O Brasil não passa de 1%, sendo largamente suplantado por Coréia do Sul e China países que estavam atrás do Brasil em 1980. Em 1960 a Coréia tinha escolaridade média superior em 1,4 anos de estudo, e hoje essa diferença já está em mais de 6 anos. A participação brasileira na produção mundial caiu de 3,1% em 1995, para 2,9% em 2009. No mesmo período, a China saltou de 5,7% para 12,5% e a Índia foi de 3,2% para 5,1%.
     
3. (Folha de SP, 13) Apesar de ter crescido na última década, a indústria brasileira perdeu espaço não só para a chinesa, mas também para a de outros países. O peso do Brasil na indústria de países emergentes recuou de 8% em 2000 para 5,4% em 2009, de acordo com a Onudi (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial).

4. A estimativa é que a Dívida Ativa somada, do governo federal, previdência, estados e municípios supere três PIBs do Brasil.
   
5. Em 2011, Brasil será o país da América Latina com o menor crescimento do PIB.

6. (Estado de SP, 13) Nas últimas semanas, três construtoras - Even, Gafisa e Eztec -cortaram em até 36% o preço de um grupo de imóveis novos. Uma cobertura de alto padrão, que custava R$ 4,2 milhões, passou a ser ofertada por R$ 2,8 milhões. Um apartamento na zona sul de São Paulo, avaliado em R$ 425,6 mil, agora sai por R$ 383,1 mil.


Enfim, quem ainda vota neste partido é burro ou demente. Um partido que um dos seus principais líderes,o ex-ministro da Casa Civil, deputado cassado e réu no processo do mensalão José Dirceu discursando para uma plateia de centenas de militantes no 2º Congresso da Juventude do PT, em Brasília,  criticou o que chamou de "luta moralista contra a corrupção". Ele foi homenageado pelos organizadores com uma camiseta em que aparece sua imagem, a frase "contra o golpe das elites" e a palavra "inocente". O julgamento do processo do mensalão pode acontecer no próximo ano, segundo informações do Estadão.

E VIVA A REPÚBLICA BRASILEIRA. FORA OS CORRUPTOS!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 01:06 0 comentários

RETRATOS DO LEGADO DO REGIME PETISTA AO BRASIL

A bandalheira com a distribuição do dinheiro público às ONGs - peça central dos escândalos do governo do PT - não se trata de uma simples coincidência. Primeiro porque coincidência não existe. Se existisse para que serviriam as ciências da matemática e da estatística, heim? O fato é que a partir da implantação do regime petista no país o número de ONGs cresceu de forma gigantesca. Só no Amazonas existem mais de 100 mil. Qualquer Zezinho do Boteco da Esquina tem uma ONG que se tornou a via de escoamento do roubo e da esculhambação. Este fato, é apenas um dos legados desse regime ao país. 
Se o brasileiro ainda não aprendeu a lição é porque não quis. Um país que não ganha em nada. Saiu mais um dado estatístico que afirma que o Uruguai é o melhor PAÍS para se viver na América Latina. Em 29º lugar, passou Chile e Argentina. O Brasil em 52º, em 110 países.
Diariamente, publico no meu twitter para meus quase 10 mil seguidores, um retrato do Brasil através das notícias reportadas pelos principais jornais e portais. À manchete acrescento um resumo da minha visão sobre o assunto. Selecionei algumas deste domingo. Leia:

Discursando para uma plateia de centenas de militantes no 2º Congresso da Juventude do PT, em Brasília, o ex-ministro da Casa Civil, deputado cassado e réu no processo do mensalão José Dirceu criticou o que chamou de "luta moralista contra a corrupção". Ele foi homenageado pelos organizadores com uma camiseta em que aparece sua imagem, a frase "contra o golpe das elites" e a palavra "inocente". O julgamento do processo do mensalão pode acontecer no próximo ano.


Oposição acusa ministro de mentir à Câmara ao negar elo com dono de ONG
O titular da pasta do Trabalho, Carlos Lupi, presidente licenciado do PDT, teve sua situação política agravada ontem e pode deixar o cargo antes mesmo da reforma ministerial prevista para ocorrer no início do próximo ano.
Reportagem publicada pela revista Veja deste fim de semana afirma que Lupi viajou pelo interior do Maranhão a bordo de uma aeronave agenciada por Adair Meira, dirigente da Pró-Cerrado. Em audiência no Congresso na última quinta-feira, Lupi negou relação com Meira: "Eu não tenho relação nenhuma com seu Adair", disse ele, em depoimento aos deputados. Até ontem à noite, a assessoria da pasta não havia negado que Lupi viajara ao lado de Meira.


Brasileiros consomem até 1 tonelada de crack por dia
Produzido até na Amazônia e com métodos rudimentares de refino e distribuição, o crack já consolidou no Brasil uma indústria que movimenta diariamente R$ 20 milhões. Estimativas da Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados e da Polícia Federal indicam que os brasileiros consomem, todos os dias, entre 800 quilos e 1,2 tonelada da "pedra", a droga ilícita campeã em mortes rápidas e no flagelo da degradação familiar.


DF registra quase dois sequestros relâmpagos por dia e assusta brasilienses
Após passar cerca de duas horas em poder de criminosos, *Marisa, 69 anos, decidiu vender o carro. Vítima de sequestro relâmpago no último dia 24, a aposentada mudou os hábitos radicalmente (leia depoimento na página 30). O episódio de violência a fez desistir de dirigir, sair à noite e ir a locais públicos sozinha. Até as visitas à casa da filha passaram a ser feitas com menor frequência.
Ela faz parte de um grupo cada vez maior de brasilienses que abriu mão de uma rotina em nome da segurança. O medo se justifica pela quantidade de homens e mulheres levados por marginais em saídas de bancos, próximo a bloco residenciais ou em áreas de comércio. Dados da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) indicam que, nos primeiros nove meses de 2011, 470 pessoas foram mantidas reféns por bandidos após serem abordadas em locais públicos. Média de quase duas ocorrências por dia.


Lixo hospitalar não tem coleta em 60% das cidades do RN
No Rio Grande do Norte, cerca de 60% dos municípios (98 de 167) envia o lixo hospitalar para lixões a céu aberto. A média fica bem acima da regional (11,5%) e da nacional (15,4%). Os riscos dessa prática são potencialmente distribuídos para toda a população, não se limitando a catadores de resíduos ou a quem sobrevive de reciclagem de material. O incidente com o Césio 137 em Goiania, no ano de 1987, ilustra bem as possibilidades de danos que existem por trás do descarte do lixo proveniente de hospitais, unidades de saúde, clínicas e necrotérios sem o devido cuidado e procedimentos previstos. Em setembro daquele ano, Roberto Santos Alves e Wagner Mota Pereira, catadores de sucata, entraram nas antigas instalações do Instituto Goiano de Radioterapia, em Goiás, e saíram carregando um cilindro de ferro de mais de cem quilos. Eles tentaram abrir o cilindro com uma marreta durante uma semana. Depois, venderam o cabeçote de uma bomba de Césio 137, usada em tratamento de câncer, para  Devair Alves Ferreira, dono de um ferro-velho. Devair   violou o lacre e encontrou uma pedra azul no interior do cilindro. Ofereceu a 'joia' à mulher, distribuiu pequenos pedaços entre vizinhos e parentes. Pelo menos, onze pessoas morreram, 250 se contaminaram e 600 entraram para o grupo de risco em função do 'espalhamento' do Césio 137.


Missa de cura, um fenômeno da fé na igreja de Neopólis em Natal
Uma multidão de fiéis em busca de um milagre, de uma graça, de paz de espírito. Por quase duas horas milhares de pessoas rezam, cantam e meditam juntas. Emoção e fé. Esse é o retrato da missa de cura e libertação que acontece há 10 anos na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Neópolis, e atrai cerca de duas mil e quinhentas pessoas em cada celebração. As ruas no entorno da paróquia precisam ser fechadas neste dia porque o prédio da igreja há muito tempo não comporta o número de fiéis. Pessoas de todas as idades: de idosos a crianças de colo; homens, mulheres; moradores de cidades do interior, muitos dos participantes vêm de longe, exclusivamente para a missa. Faltam palavras para definir o que é a missa de cura. O comerciante Fabio Teixeira, de 45 anos, tenta: "É um fenômeno".


RN soma 244 dias de greves e vários prejuizos
Em uma greve, os prejuízos causados à população são imensuráveis. Como normalmente elas paralisam por tempo indeterminado algum serviço público, a população é a principal prejudicada. Afinal, o patrão do servidor público é o povo. Não é para menos que 2011 está sendo um ano atípico. Hoje, domingo, 13 de novembro, o ano vive seu 317º dia, dos 365 que totalizam o calendário. Até agora, durante o corrente ano, em pelo menos 244 dias houve greve de algum serviço público, conforme levantamento feito por O Poti/Diário de Natal. Ou seja, em 2011 algum serviço só não ficou paralisado durante 73 dias. Foi a folga dada pelos grevistas aos governantes de plantão.


Divisão do Pará é rejeitada por 58% dos eleitores, diz Datafolha
A divisão do Pará é rejeitada por 58% dos eleitores do Estado, de acordo com pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (11).
A pesquisa, encomendada em uma parceria entre Folha, TV Liberal e TV Tapajós (afiliadas da Rede Globo no Pará), ouviu 880 eleitores paraenses de 7 a 10 de novembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
Foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 46041/2011. O plebiscito ocorrerá no dia 11 de dezembro.
O percentual de rejeição é o mesmo tanto para a criação do Carajás (sudeste do Pará) como para a criação do Tapajós (oeste).
Os favoráveis aos novos Estados são 33%, para ambos os casos.


O Qatar já começou a planejar a segurança da Copa do Mundo de 2022. O secretário-geral do comitê organizador do Mundial, Hassan Al Thawadi, contratou no último sábado a ICSS (Centro Internacional de Segurança Esportiva) para desenvolver o plano estratégico do evento.
A empresa foi aberta neste ano no país e reúne uma série de especialistas na área. O alemão Helmut Spahn, chefe da segurança da Copa do Mundo de 2006 e do Mundial feminino da Fifa deste ano, faz parte do grupo.
A assinatura do contrato ocorreu na abertura da "Aspire4Sport", uma das maiores feiras de esporte do mundo. Os jogadores da seleção brasileira vão participar neste domingo do evento.


A maioria dos estudantes da USP em São Paulo é a favor da presença da Polícia Militar na Cidade Universitária.
Pesquisa feita pelo Datafolha na última quarta-feira com alunos de 28 unidades aponta que 58% deles apoiam o policiamento no campus, na zona oeste da capital.
A polêmica sobre o convênio firmado entre reitoria e PM, em vigor há dois meses, está no centro dos protestos que agitam a universidade desde o final de outubro.
O aval aos policiais militares no campus, no entanto, não é homogêneo. Tem ampla maioria em exatas (77% a favor) e biológicas (76%), mas é minoritário em humanas (40% a favor e 54% contra).
Na FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas) -onde a detenção de três estudantes com maconha serviu como estopim das manifestações-, 70% dos alunos são contrários.


A menos de um mês e meio do Natal, há no mercado uma espécie de "liquidação" de bens de consumo de alto valor. São imóveis, carros, eletrônicos e móveis, ofertados com descontos e condições facilitadas de pagamento, no melhor período de vendas do ano para o varejo. Normalmente, os preços sobem e as facilidades diminuem nessa época do ano. Mas não é isso que se vê hoje.
O movimento de liquidações de produtos dependentes do crédito reflete, na opinião de especialistas, a mudança de cenário. Até julho, a projeção de mercado para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2011 chegava a 4,6%. Hoje está em 3,2%, aponta o Boletim Focus do Banco Central (BC). Essa mudança fez crescer o encalhe de itens de alto valor, cujo custo para mantê-los em estoque é elevado.



quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 00:09 24 comentários

NÃO FAÇA SEGUROS COM A BB SEGUROS. ELA NÃO RESPEITA O CONSUMIDOR

É sagrado. É de lei. Você não pode ter um carro sem ter a cobertura de uma empresa de seguros. E o pior, quando você não tem, o diabo atenta e lá vem aquela batida que consome o orçamento do mês.

Se é inevitável, então temos que fazer e gozar. Agora, não faça seguros com a BB SEGUROS, empresa seguradora do Banco do Brasil. Falo isso, nem tanto pelos serviços prestados em caso de sinistro. Falo pelo desrespeito que esta empresa tem com você para a renovação do seguro.

A encheção de saco tem ínício cerca de 15 dias da data de vencimento do seu seguro. Você começa a receber telefonemas a toda hora e a todo momento. E não pára. É de manhã, à tarde e à noite. Quando você vai atender a ligação cai ou ninguém fala nada. Imagine cerca de 20 ligações dessas todos os dias. É um verdadeiro saco. Eu cheguei a pensar em jogar meu celular no vaso sanitário e dar descarregar tal o desespero que dá. E não existe solução. Lembro-me que no ano passado foi a mesma coisa. Cheguei a denunciar na Ouvidoria do Banco do Brasil e a reclamar com a minha gerente que disse não poder fazer nada. E mais, as ligações continuaram mesmo após a renovação do seguro. Como a memória é curta e até pelas inúmeras reclamações que fiz, achei que o problema não iria se repetir.

Eu perguntei ao Dr, Google sobre um dos números: 021-2122-0649. Achei o link de um site aqui só com reclamações de pessoas com o mesmo problema. Só que a grande maioria não sabe que este telefone é da BB SEGUROS,  e esses:
021-8496-7660/ 021-84967658/ 021-84967652/ 021-8496-7532/ 021-8496-7657/ 021-84967659/ 021-8496-7531/ 021-84967633/ e tem outros. Acho que só muda o prefixo para cada Estado. De cada um deles eu tenho registro ao menos de 10 ligações.

Entendo e até considero importante que a BB SEGUROS ligue para o cliente e informe que o seu seguro está vencendo. Agora, ligar zilhões de vezes, todos os dias e a toda hora e ainda por cima não falar nada é que é o verdadeiro absurdo e falta de respeito com o consumidor. Só quem vivenciou uma situação dessas sabe do que estou falando. É realmente estressante. Você fica impotente, pois sabe que em 10 minutos o celular vai tocar novamente, ninguém vai falar nada  e você. com cara de otário, nada pode fazer.

Para entender o fato imaginei um call center com centenas de operadoras e um cara com um chicote na mão. Ou liga ou apanha. Sabe como é... uma coisa bem PT.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 02:09 0 comentários

LULA DEU UMA DE CAVILOSO E FICOU IRADO COM A POSIÇÃO DO BRASIL NO IDH

Acostumado a apresentar dados que não correspondem a realidade do nosso país, o partido encarnado resolveu protestar contra os índices do IDH divulgados pela ONU nesta quarta (03) e que, de forma misteriosa, sumiu das páginas principais de todos os grandes portais. 
Surpreendentemente, não foi a presidenta Dilma quem fez o protesto e sim, pelo visto, o presidente de fato, senhor Lula da Silva. E fez isso através do ministro batoré, Gilberto Carvalho da Secretaria-Geral da Presidência da República. É importante esclarecer se ele é porta-voz de todos os ex-presidentes ou só de um ex-presidente.
Mas, o fato é que o ex-presidente, através do seu porta-voz, apenas fez pantin. Nada mais que pantin. Porque pelos dados divulgados pela ONU não há como engabelar os brasileiros. Não dá para continuar tentando emprenhar pelos ouvidos uma população que, apesar dos apesares, está evoluindo e a tendência é riscar do mapa este partido encarnado.
Na manchete do Estadão, o ex-presidente tenta dar uma de espevitado, leia:

Lula ficou 'iradíssimo' com posição do Brasil no ranking do IDH, diz ministro

Ora, ora, não é porque ele pode vir a bater caçuleta que tem o direito de tentar, com a conivência da mídia, encobrir um fato que deixa exposto toda a incompetência desse regime petista.
Iradíssimo está o povo brasileiro com o loteamento do Estado que proporciona a sangria de mais de R$ 80 bilhões desviados do bolso do contribuinte para os bolsos dos corruptos. Estão todos aí estribados, rindo de pessoas inocentes que ainda acreditam nas falácias e bravatas petistas.

As tentativas de justificar a posição de 84º lugar no ranking da ONU são totalmente ineficazes. Mesmo aquelas que afirmam que houve mudança nos critérios não convencem. Pois, com essa mudança e com a entrada de 18 países, o Brasil caiu ainda mais. Saiu de 73º lugar em 2010 para 84º lugar em 2011. 
E aí vem um boçal dizer que houve evolução. Saímos do índice 0,669 em 2010 para 0,718 em 2011. É verdade! Só que outros países que não têm a condição que o nosso Brasil tem, evoluíram muito mais. Este é o "xis" da questão. O resto é esparrela!

Veja, por exemplo, alguns países que estão à nossa frente:
EQUADOR - PERU - JAMAICA - VENEZUELA - SINGAPURA - ANDORRA - BRUNEI - QATAR - LITUANIA - CHILE - ARGENTINA - BARBADOS - URUGUAI - PALAU - ROMENIA - CUBA - LÍBIA - MONTENEGRO - MÉXICO - PANAMÁ - MALASIA - KUWAIT - GRANADA - COSTA RICA - CAZAQUISTÃO - LÍBANO. 

Brunei, tem uma população de 381 371 hab, uma renda per capita de US$ : 51 005 e 94,9%  da população é alfabetizada. Outro: Argentina tem uma população de 40 091 359 hab., uma renda per capital de US$ 14 332 e 97,6% da população é alfabetizada.

Veja que no ranking de alfabetização ocupamos um modesto 95º lugar. Enquanto isso, a garotada da USP trava uma briga interna. Segundo se informa, tem drogas nesse berimbelo. Esses caras serão os futuros políticos brasileiros ou não?
Observe ainda cidadão, os países que estão à nossa frente neste quesito.


No ranking da mortalidade infantil a situação é ainda mais vergonhosa. O nosso país ocupa a 106ª posição. Um vexame! Confira aí quem está à nossa frente.


Compare agora a nossa renda per capita com a de alguns países dessa relação em que estamos na modesta posição do 71º lugar:



Agora, no mapa seguinte é que coisa deu a gota serena. É de indignar qualquer cidadão. É pra desmantelar mesmo. Ninguém em sã consciência pode entender. Avalie! Estamos entre as maiores economias do planeta. Ocupamos o 8º lugar pelo índice que mede o Produto Interno Bruto de todos os países. Quando você cruza este dado com os demais viramos um birimguelo, menos um país verdadeiro que possa justificar a força de trabalho de seu povo. Veja o quadro:


Então, não adianta o ex-presidente Lula da Silva tentar dar uma de cabra da peste, de cão chupando manga, que não cola. Esses índices são de organismos internacionais. Os quesitos que compõem os índices valem para todos. Se estávamos em 73º em 2010 e em 2011 passamos para 84º caímos 11 posições. Não tem papo. Esta é a realidade nua e crua que nenhum filminho bonitinho de tv vai mudar não. 
Os programas sociais do governo FHC atendiam cerca de 7 milhões de pessoas. O que o regime petista fez foi agrupá-los em torno do nome Bolsa Família que passou a beneficiar mais 3 milhões de pessoas. Essa história de que tirou zilhões da miséria é conversa para enganar o gato a mamar no peito da onça. Como é balela essa de que nasceu uma nova classe social no país. É querer fazer todo mundo de brocoió.
Ora, vivíamos numa hiperinflação. Veio o Plano Real que estabilizou a economia e permitiu às classes B, C e D recuperar seu poder de compra. O processo teve início no governo FHC e se consolidou, de forma natural, no governo Lula. Nada mais. Ele não fez nada. Inclusive porque o PT foi contra a implantação do Plano Real. O que o governo Lula fez foi seguir a cartilha deixada pelo governo FHC e que teve como gerente Henrique Meirelles saído dos quadros do PSDB.
Então, não adianta vir com cavilação. Está iradíssimo? O povo brasileiro está AZOGADO!!!


PARA ENTENDER O IDH - Saiba mais aqui
O IDH varia de 0 a 1 (quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano), e mede as realizações em três dimensões básicas do desenvolvimento humano - uma vida longa e saudável, o conhecimento e um padrão de vida digno. As três variáveis analisadas, dessa forma, são relacionadas à saúde, educação e renda. Desde o ano passado o Relatório de Desenvolvimento Humano deixou de classificar o nível de desenvolvimento de acordo com valores fixos e passou a utilizar uma classificação relativa. A lista de países é dividida em quatro partes semelhantes. Os 25% com maior IDH são os de desenvolvimento humano muito alto, o quartil seguinte representa os de alto desenvolvimento (do qual o Brasil faz parte), o terceiro grupo é o de médio e os 25% piores, os de baixo desenvolvimento humano. 


DICIONÁRIO NORDESTINO
ENCARNADO - Cor vermelha; BATORÉ - Baixinho; DEIXA DE PANTIN - Deixa de onda; Deixa de frescura (fulano está com pantin, com manha); ENGABELAR - Enganar, iludir; EMPRENHAR PELOS OUVIDOS - Acreditar em fofocas; ESPEVITADO - Ágil, esperto, inquieto, malandro; BATER A CAÇULETA - Morrer; ESTRIBADO - Cheio da grana; ESPARRELA – Enganação; BIRIMBELO – Qualquer coisa; DEU A GOTA SERENA - Encrencou; fodeu; a coisa pegou; AVALIE - Imagine; DESMANTELAR - Arruinar, desarranjar, desconjuntar, desorganizar, estragar; CABRA DA PESTE - Indivíduo destemido, provocador ou valentão; CÃO CHUPANDO MANGA - Corajoso, competente, feio; BROCOIÓ - Pessoa boba, otário, demente; CAVILAÇÃO – Dengo; chorão; AZOGADO – Virado na peste, puto, agoniado, brabo.



quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Postado por Lucio Neto On 00:42 6 comentários

IDH 2011 DESMACARA DE VEZ AS BALELAS PETISTAS VENDIDAS EM FILMINHOS PARA TV

Estou realmente bastante azogado. Este é um post malcriado. Os midiáticos que adoram rotular coisas que lhes são contrárias, como a expressão hater, para designar cidadãos que usam o espaço de comentários da internet para expressar suas opiniões, certamente, vão ou já me classificaram como tal. Só que  ninguém vai botar cabresto em mim. Pois, é isto que esses carinhas pretendem. Podem me chamar de boca-de-tramela, mas jamais baterei fôfo. Este blog tem apenas um compromisso: dizer a verdade. E tudo que é dito aqui é ancorado em fontes com os seus respectivos links. Não inventamos nada com objetivo de conquistar audiência. As mais de 511 mil páginas vistas, que não é pouco para um blog independente sem ligação com grandes portais, e em pouco tempo, é um atesto da seriedade do nosso trabalho. Não sou, nunca fui e nem serei xeleléu. Se tiver que elogiar Lula o farei por merecimento dele. Se tiver que dizer que ele agiu errado, o farei com dados e informações que comprovam o seu erro. Babão, jamais! Não estou aqui para aperrear seu ninguém. Apenas, para dizer a verdade. A verdade que a mídia que divulga os releases do Ministério da Propaganda Petista esconde dos brasileiros.
Os caras não respeitam nem os mortos. Em pleno dia de finados tascam uma mentira das mais cabeludas em todos os veículos de comunicação do país. Coisa que deve ter deixado Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, JK, Itamar Franco e outros ilustres brasileiros que estavam visitando o planeta no dia que lhes é reservado, envergonhados pela falta de atitude de uma oposição inócua.
O loteamento do Estado brasileiro, a forma de fazer política do senhor Lula da Silva, é o grande responsável por esta esculhambação que tomou conta deste país. Uma esculhambação que causa uma sangria anual de mais de 80 bilhões de reais de um dinheiro que sai do bolso do cidadão direito para o bolso dessa corja de corruptos impunes.
Mentiras, balelas, viraram marca de um governo que não tem competência para gerir um gigante como o Brasil. Talvez seja por isso, que entregaram à gerência da Inglaterra, o mais precioso metal até hoje descoberto neste planeta - o nióbio. O Brasil tem 98% das reservas desse precioso metal. Vale cem vezes mais do que o petróleo. Tem mil e uma utilidades e aplicações. A sua exportação sob controle do nosso governo, é capaz de gerar recursos para transformar da noite para o dia a renda per capita do brasileiro em uma das maiores do mundo. No entanto, a nossa renda per capita de hoje é igual à do americano em 1925. Uma vergonha!
A verdade cidadão, é que a verdade é escondida e a você são vendidas mentiras para justificar a incompetência dessa turma que faz de conta que administra o nosso país. São muito bons em tributar e inqualificáveis na distribuição justa desses tributos. Esse é o país da "fartura". Farta tudo: saúde, educação, transportes, segurança e etc. e tal.
Apois, isto posto, passo a relatar o motivo de estar bastante azogado. Leia esta manchete e a sua lide:

Brasil melhora índice de desenvolvimento humano, mas ritmo de evolução diminui
País subiu uma posição e ocupa o 84º lugar no IDH divulgado nesta quarta-feira,2, pela ONU

Esta é, seguramente, a maior mentira divulgada por este governo petista e vou provar para você, matando a cobra e mostrando o pau.
A verdade é que o Brasil não subiu uma posição no Índice de Desenvolvimento Humano de 2011. A verdade é que o Brasil CAIU 11 posições. Ele estava em 73º lugar, em 2010, segundo dados oficiais da ONU divulgados no site do PNUD - veja relação completa aqui - conforme recorte de imagem abaixo:

Clique para acessar relação completa do IDH/2010

Veja agora a relação oficial do IDH de 2011 divulgado pela ONU:
RELAÇÃO OFICIAL DA ONU DO IDH/2011
Ilustração da reportagem do Estadão Online  Leia mais.
Confira abaixo na seqüência, a relação dos países classificados do 1º ao 71º, do IDH (*) de 2011, quantos países que não têm nem 10% das nossas riquezas estão à nossa frente. Isto se chama incompetência:

Relação oficial da IDH 2011 da ONU

Estes dados comprovam que o Brasil nem aparece entre os 10 primeiros países das Américas. Estão lá, por exemplo: Chile, Argentina, Uruguai e México. O  Brasil, necas.



Enquanto que, na América Latina, vamos aparecer num modesto 8º lugar:





Sabe o que isto representa cidadão? Representa que somos um país caranguejo. Andamos para trás e em círculos. E a revolta é grande quando sabemos que temos a condição de ser um dos maiores do mundo. E somos apenas esse cocozinho como esta espelhado aí em cima com base em informações do PNUD/ONU. E a revolta aumenta quando vem a mentira oficial distorcendo fatos indistorcíveis querendo fazer todo mundo de abestalhado. Pensam que somos um país formado por cabeças de camarão. Querem nos fazer de brocoiós. Riem da nossa cara torrando 80 bilhões de reais, fruto de suas maracutais. 
Essa turma não vale um cibazol e já que não vão fazer reforma eleitoral nenhuma a nossa única chance de mostrar a nossa indignação é no voto. Seja em branco ou nulo, visse?


(*) IDH - ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO = ranking  dos países divulgado pela ONU que mede saúde, educação e padrão de vida da população mundial


DICIONÁRIO NORDESTINO:
AZOGADO – Virado na peste, puto, agoniado, brabo; BOTAR CABRESTO - Controlar alguém; BOCA-DE-TRAMELA - Pessoa que fala muito; BATER FÔFO - Não cumprir um compromisso; BABÃO – Puxa saco, xeleléu; APERREAR - Encher o saco; ABESTALHADO - Otário. Tolo; BROCOIÓ - Pessoa boba, otário, demente; CIBAZOL - Coisa sem valor. "Não vale um cibazol"; APOIS - Expressão de concordância; VISSE - funde três interrogativas ao mesmo tempo: - você viu? - você escutou? - você entendeu?