segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

2012 - O RETORNO DOS ANUNNAKI - PREFÁCIO

Postado por Lucio Neto On 00:38 7 comentários

A nova série do blog intitulada 2012 - O RETORNO DOS ANUNNAKI - é baseada em ampla fonte de informações existente na internet, em livros e vídeos. Para um seleto grupo muitas das coisas que aqui serão relatadas não trarão nenhuma novidade. Mas, para 99,99% algumas soarão como verdadeiras bombas e até, pelos mais crentes, como heresias.
Não foi por acaso que grupos religiosos taxaram a internet de o AntiCristo. Nos tempos de hoje é a maior fonte de informações sobre tudo e sobre todos, acessadas em tempo real. Todos os governos tentam regulá-la. Mas, não conseguem. Ela é livre e continuará a ser.
Ninguém mais neste planeta Terra mentiu e continua mentido à população do que os grupos religiosos. São verdadeiros artistas na arte de enganar, de manipular o inconsciente coletivo, para tentar criar "verdades" que venham a lhes favorecer. Ninguém mais do que esses grupos religiosos têm amor aos bens terrenos e usam o espiritual para constuir verdadeiras fortunas e se manter no poder.
Através da disseminação do medo, do pavor, mantém seus "fiéis" ao alcance dos seus chicotes, para que paguem seus dízimos, sob pena de serem condenados ao fogo eterno ou serem excomungados por um ser igualzinho a eles, apenas transvestido de uma suposta autoridade que lhe teria sido legada por Cristo.
Tudo bobagem. Tudo mentira. Tudo enganação. Tudo vendido com uma bela embalagem para impressionar aos leigos, ancorada em competentes campanhas de marketing e propaganda que nos são vendidas há 2012 anos.
Paralelamente, outra campanha com o mesmo nível de sofisticação, é desenvolvida para negar qualquer fato que possa vir a por em xeque suas "verdades". É uma grande e infindável rede de intrigas que o cidadão comum jamais poderia imaginar que existisse.
Governos e políticos compartilham dessas mesmas práticas e são parceiros desses grupos religiosos que, como eles, têm os mesmos objetivos: poder e dinheiro, oiu seja, são farinha do mesmo saco.
Vou lhes dar dois exemplos. Existe uma maneira científica de se comprovar a idade de objetos históricos e fósseis. Chama-se Teste do Carbono 14. O carbono existe em todas as substâncias orgânicas e começa a decrescer em quantidade após a morte delas, sendo assim possível estabelecer a idade aproximada do objeto analisado.
Pois bem, a ciência fez através de um grupo de renomados cientistas o teste do Carbono 14 naquele que é conhecido como o Santo Sudário, que supostamente seria o "retrato" do corpo de Cristo após ser morto na cruz. O teste apontou, como sendo o tecido com o retrato, datado entre os anos de 1260 e 1390 d.C., ou seja, uma farsa reverenciada por católicos do mundo inteiro. Além desse fato científico, especialistas afirmam que os membros do suposto Cristo são desproporcionais. Os braços e cabeças não correspondem com a altura do corpo. Outros afirmam que o Santo Sudário não passa de mais uma obra de Da Vinci, que deve rir lá da sua tumba quando vê religiosos e fiéis reverenciarem essa sua brincadeira. Mas, a igreja nega o fato e continua vendendo para o seu público que o Sudário é o Santo retrato de Cristo.
Em contraponto na história recente você pode observar a mesma técnica da negação da verdade. Leia frases de políticos envolvidos em escândalos recentes:

ANTONIO PALOCCI, ex-chefe da Casa Civil: "Saio desse governo só levando alegrias!"

E na bagagem um polpudo saldo bancário de mais de R$ 20 milhões.

ALFREDO NASCIMENTO, ex-ministro dos Transportes: "Estamos convencidos de que não se corrigem mazelas nem se constrói excelência com um estado policial e intimidatório amparado por manchetes de jornal."

Que frase linda!

CARLOS LUPI, ex-ministro do Trabalho: "Só saio à bala"

Não precisou. Apenas uma caneta foi suficiente.

DILMA ROUSSEFF, então candidata à Presidência, tentando desqualificar as revelações que levariam à queda de sua sucessora na Casa Civil, ERENICE GUERRA: "É mais um factóide"

Factóide uma ova. Mas, virou omelete.

LULA: "O mensalão nunca existiu. É mais uma intriga das elites"

Elites, senhor Lula. Quem é a elite afinal? O Senhor é elite ou não?

Não é pretensão desse blogueiro ser o dono da verdade. Um blogueiro é um repórter que reporta, que narra fatos com base em documentos, em evidências, em fontes confiáveis. Cabe aos leitores tirarem suas conclusões sobre as narrativas e estabelecerem ou não novos paradigmas. Nessa trilha que vamos seguir iremos apresentar fatos que desmistificam nossas origens e várias outras historinhas que nos são vendidas datadas de antes e depois de Cristo.
Não estamos trazendo à público nenhum material ou fato inédito. Desconhecidos da grande maioria sim, mas inéditos não. Talvez o grande mérito do blog seja o de dispor num só endereço inúmeras verdades para as grandes mentiras.
Assim, convidamos o leitor a continuar seguindo o blog e acompanhar a série para, ao final, tirar suas próprias conclusões. Tentaremos apresentar cada tema com o máximo de conteúdo em textos de tamanhos razoáveis para não se tornarem enfadonhos.
Teremos capítulos inéditos às segundas, quartas e sextas. Desta forma, dará tempo para você respirar e meditar.
Aguardo você na próxima quarta com o primeiro capítulo da série 2012 - O RETORNO DOS ANUNNAKI.

Até lá!
Lúcio Neto - editor

7 comentários:

Lucio,

(Achei o texto)

Acompanho seu blog há alguns anos. Admiro sua posição contra o governo corrupto e corruptor do PT. NUma epoca em que tantos jornalistas simplesmente se curvam e aderem, combater o governo é mostra de dignidade e formação moral. Também sou grato pelos seus artigos demonstrando os problemas nas loterias da Caixa, e não posso deixar de lembrar deles quando vejo tantas pessoas de bem fazendo fila para a tal Megasena... sempre convenientemente acumulada!

Porém como cristão devo veementemente lastimar sua desinformação sobre o Santo Sudário, o atirando no mesmo monturo deste governo. Fico surpreendido que você tenha tomado esta posição.

Peço, como jornalista que é, que reconsidere suas declarações e investigue as pesquisas realizadas que lançam dúvidas sérias sobre o teste do C14 que datou o Sudário da Idade Média.

Aqui e ali fui colhendo alguns fatos

a) O Sudario passou por remendos e restauracoes na Idade Media
b) Nao foi usada tinta para tingir o sudario, os fios estao manchados por radiacao
c) Eh possivel perceber no sudario marcas de ferimentos compativeis com o relato dos evangelhos
d) O sudario é tecido com fibras de plantas que crescem na Palestina
e) Ha polem de plantas palestina no sudario
f) Ha vestigios de moedas romanas colocadas sobre os olhos da figura no sudario

Enfim, há mais nos textos sobre o Sudario. Você pode facilmente, jornalista que é, pesquisar mais sobre, ainda mais que eu.

Porém a mais importante: Você faltou com a verdade dizendo que a Igreja afirma que é o retrato de Cristo. A Igreja nunca afirmou isso. Alias, a Igreja catolica, Mãe e Mestra da Verdade, é extremamente ciosa de proclamar fatos sobrenaturais, os submetendo a analises cientificas rigorosíssimas. Conta-se nos dedos os milagres que a Igreja reconheceu como verdadeiros (Fatima é um dos poucos exemplos). Nunca a Igreja colocou a crença no Sudário como uma artigo de fé.


http://www.flordocarmelo.org/2010/04/exposicao-do-santo-sudario-de-turim.html
http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?num=1345&head=1&pref=pdf
http://grupostac.vilabol.uol.com.br/txtsudario.htm

O mais você pode perfeitamente pesquisar.

Não se pode concluir que o Santo Sudário seja uma fraude. Há diversos indicios que ele seja verdadeiro. A verdade tem seu poder. Espero que você pesquise o assunto a fundo e - no minimo - faça uma errata.

Outro ponto, usando exclusivamente seu texto: Você diz que o Santo Sudario foi feito por Da Vinci que estaria rindo. Ora, se o C14 supostamente datou o Sudario como sendo dos anos 1260 e 1390, como pode ter sido pintado por Da Vinci, que viveu entre 1452 a 1519????? Tem mais de um século de diferença. Está no seu texto! É logica elementar, meu caro, a primeira das ciencias. Se você não conferiu esta afirmação, como posso crer no resto?

Abraços, seja feliz

Respondendo ao Ancião
Em primeiro lugar meu obrigado por seguir o blog e também pelos elogios. Em segundo, meu respeito por suas crenças.
Em terceiro, lhe informo que não retiro uma linha sobre nada do que afirmei neste Prefácio. Sobre a questão de ser Da Vinci o autor do Santo Sudário, quem defende esta tese, afirma que o tecido "antigo" poderia ter sido facilmente obtido por Da Vinci, coisa comum à sua época. Outro detalhe é que estudos indicam que o Sudário foi feito a partir de material fotográfico e o corpo só aparece de forma clara no formato NEGATIVO. Da Vinci, era talvez um dos poucos que também dominava a arte da fotografia e, também, conhecido por fazer experiências com cadáveres. Dizem até, que a cabeça, uma das partes desproporcionais ao corpo, seria um auto retrato dele.
No mais, este Prefácio não é sobre o Santo Sudário. Ele foi citado apenas como um exemplo do marketing da mentira de ontem e as frases dos políticos como a de hoje.
Nos textos que estou organizando sobre os futuros capítulos, tendo tentado ao máximo fugir do tema religioso. Mas, infelizmente, é impossível, pois as grandes mentiras partem desses grupos.
Tenho consciência de que a série é polêmica e posso a ter vir a ser excomungado pelo seu Papa. Tudo bem. Se ele me excomungar, eu excomungo ele também. O que não vou deixar de fazer é relatar o resultado das minhas pesquisas. Estas fontes que você cita eu já conhece e fazem parte do marketing da mentira da igreja.
Espero que você continue seguindo o blog e, principalmente, a série, pois este foi o apenas o Prefácio.
Forte abraço!

Lúcio, fiquei até espantado. Já faz tempo que coloquei um link no meu blog e eu estava sempre lendo o que você escrevia. Concordando, discordando, mas sempre respeitando seu trabalho porque percebia uma sinceridade na sua postura, uma vontade de conhecer e divulgar a Verdade. Seu blog estava indo bem, mas nessa postagem você viajou na maionese... Entrou em terreno desconhecido e derrapou feio. Não sei se buscou apenas a polêmica, já que não encontrei nenhum argumento que justificasse a postagem... de qualquer forma, perdeu pontos comigo.

Acho que não leu um livro sobre o Sudário de Turim (ou diga qual) antes de escrever. Deveria ser mais humilde e escrever sobre o que estudou. Essa história do Da Vinci é tão ridícula e tão descabida, que mostra que você nunca leu um livro sério sobre o assunto, não estudou os testes que foram feitos pelas universidades européias e americanas e nem mesmo fez uma pesquisa detalhada no Google, o que iria lhe mostrar algumas coisas que refutam seus argumentos antes mesmo que eles possam nascer.

1) Existem relatos (EM LIVROS) muito anteriores a Da Vinci;
2) NÃO FOI USADA TINTA e sim algo parecido com radiação;
3)As informações dadas pelo Anciâo estão disponíveis em toda rede, basta procurar ou abrir o link enviado por ele. refute a questão das plantas, moeda, idade do linho, trama etc.)

E se você estudar um pouco a história da fotografia, verá que Da Vinci foi um precursor, mas isso nada tem a ver com alguém que "dominava a arte da fotografia", isso é uma incoerência histórica enorme. E outra coisa: o que fotografia tem a ver com radiação?

Eu, que estudei bastante esse assunto por alguns anos, admito que não sei se o Sudário é verdadeiro ou falso, não sei o que fez aquilo ou como, mas sei que pelo menos desde o século XII já se fala com espanto em dezenas de livros sobre o manto e não será uma postagem vazia como a sua que vai jogar na lama um acontecimento aparentemente, possivelmente, provavelmente miraculoso.

E se for pra responder, eu o desafio: se puder, prove cientificamente sua afirmação(introdução, método, discussão dialética e conclusão).

Desculpe, não entenda como ofensa pessoal, mas busco a Verdade, esteja ela onde estiver e doa a quem doer. E pra isso é preciso combater o erro, seja ele proposital ou não.

Abraços,
Ale.
http://ordem-natural.blogspot.com

Caro Ale,
Como disse ao Ancião, repito para você: não retiro uma linha, uma vírgula, uma frase, do que disse sobre o Santo Sudário. Para mim é uma farsa e o teste do C14 provou isto. Por quê será que todas as descobertas da arqueologia foram certificadas pela ciência pelo C14 e aceitas? E só não funciona no tal Santo Sudário? Por que? Porque é uma farsa. Não se esqueça que essa religião foi responsável por centenas de anos de atraso da nossa ciência, levando à fogueira, cientistas que hoje têm suas teses confirmadas. E outro detalhe, caro amigo, esta história do Santo Sudário é apenas um detalhe dentro de uma série que já parte para o seu sétimo capítulo. Essa igreja do Santo Sudário é a mesma que diz que Adão nasceu de um sopro divino a partir do barro. E se você concorda com este fato, não vejo porque polemizar um assunto que a ciência já descartou. Procure outros links que não os da propaganda desta igreja. A verdade está lá. Dr. Google mostra.

Lúcio Neto,

Afinal,vc. postou o assunto do Sudário baseado apenas no que leu na internet ou fez alguma pesquisa a mais, além do que temos na internet?

Angela,
A internet não é a única fonte de pesquisa que existe. Não se esqueça das bibliotecas, do cinema, da televisão, etc. Está reprisando na TNT aquela série sobre os Bórgias que conta um pouco da historinha dessa farsa que se chama Igreja Católica Apostólica Romana. Sorria, você está sendo manipulada.

Entendi o objetivo do prefácio, não é uma afirmativa sobre a existência ou inexistência do Sudário, esta não é a questão. O fato em evidência é que mentiras são contadas ao Povo há muito tempo. A igreja, infelizmente, faz parte desse jogo, até porque, o poder corrompe o homem e a Igreja é administrada por homens, logo?
Não sou cético, mas gosto de ler sobre tudo. Em uma leitura sobre os sumérios, descobri a teoria dos anunnaki. Percebi que (supostamente) a "história" dos anunnaki, essa lenda, essa teoria, hipótese ou seja o que for, de maneira bastante clara, explica uma série de "lendas" do mundo inteiro e isso, no mínimo me assusta. Estou aguardando novas postagens...

Postar um comentário

Evite enviar comentário como "Anônimo". Crie um username, um nome fantasia, e acrescente o seu Estado. São 4 maneiras:
01 - Entre com sua ID do Google e digite a senha;
02 - Sua ID de outras redes sociais;
03 - Nome/URL. Aqui basta você colocar seu nome (se desejar), um nome ficticio e coloque o seu Estado. Se tiver um site ou um blog pode colocar o endereço no espaço abaixo;
04 - Anônimo. O que nós pedimos para você envitar. Mas, se optar por esta forma, tudo bem.